jusbrasil.com.br
8 de Abril de 2020

Sobre a valorização da advocacia

"O advogado cobrou muito caro para fazer 'só isso'!"

Thalita Evangelista, Advogado
Publicado por Thalita Evangelista
há 6 meses

Hoje, voltando de viagem, conheci um rapaz no avião e iniciamos um papo super bacana.

Lá pelas tantas, já sabendo que sou advogada, ele dispara “com todo respeito, mas a maioria dos advogados só quer ganhar dinheiro. Estou tentando divorciar e a advogada lá da minha cidade cobrou uma nota só pra ir assinar no cartório”.

Em 5 minutos de conversa ele contou todo o imbróglio, resumindo que a ex-mulher ‘não quer abrir mão de nada’, inclusive, do que ele possuía antes do casamento (mesmo casados pelo Regime da Comunhão Parcial) e de sua previdência privada e Fgts. Chegou à conclusão, sozinho, após realizar algumas pesquisas, que não haveria o que fazer, e, portanto, iria partilhar tudo e deixar na informalidade, porque é um absurdo pagar advogado para fazer “só isso”.

Minha resposta: uma pesquisa de cinco minutos no Google não resolverá seu caso, assim como pesquisar sobre o tratamento de uma doença não te fará amanhecer curado.

É preciso valorizar o trabalho da advogada e entender que uma orientação bem feita pode te livrar de problemas que você imaginava ter, após sua ‘super pesquisa’.

Ao final, ele decidiu procurar a advogada assim que chegasse em sua cidade, para agendar uma consulta e entender melhor sobre seus direitos e deveres.

1 Comentário

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Seja bem vinda, Thalita! Importante levantar essa discussão.
Abraço! continuar lendo